RADIO WEB JUAZEIRO : Fotógrafo encontra cachorro à beira da morte em ilha deserta e decide adotá-lo
quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Fotógrafo encontra cachorro à beira da morte em ilha deserta e decide adotá-lo

Por: Reprodução/ Redes sociais Por: Redação BNews

O fotógrafo norte-americano Wesley White, resgatou um cachorro que estava em uma ilha deserta localizada em Belize, na América Central. Wesley estava fotografando as paisagens da ilha paradisíaca quando avistou o animal se afogando em alto-mar.

O cachorrinho estava com inúmeras queimaduras de sol na pele, anêmico, desnutrido e à beira da morte. Naquela mesma tarde, o fotógrafo levou-o até um hospital veterinário para que fizessem os primeiros socorros. De acordo com o portal “Zoorprendente”, as autoridades de Belize acreditam que o cachorro foi abandonado ali, provavelmente por turistas.

O cãozinho que foi batizado de Winston, passou uma semana internado no Hospital Veterinário Stann Creek, onde tratou suas queimaduras e recuperou peso. Assim que o cachorro recebeu alta, Wesley decidiu acolhê-lo temporariamente, de modo que Winston pudesse se recuperar.

Por causa do seu visto de trabalho, Wesley precisou retornar aos Estados Unidos. Assim, os dois tiveram que se separar, mas o fotógrafo prometeu que voltaria para buscá-lo no abrigo.

Wesley retornou à ilha como havia prometido e encontrou um cachorrinho muito diferente daquele que havia resgatado semanas antes. Enquanto Wesley esteve nos EUA, uma mulher bastante generosa cuidou do cachorrinho e o ajudou a chegar no seu peso ideal.

Para custear a alimentação, insumos e medicamentos de Winston, o abrigo de Belize criou uma vaquinha virtual. Após ela bater sua meta, a campanha foi prorrogada para pagar a burocracia necessária para levá-lo aos EUA.

Com o peso ideal, Winston já reunia condições de saúde para voar sem riscos. Com o sinal verde do governo local, tutor e cão voaram para Montana, no norte dos EUA, onde moram juntos hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE