RADIO WEB JUAZEIRO : Rio: carro metralhado de suspeito de integrar milícia tinha 95 cápsulas de fuzil
terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Rio: carro metralhado de suspeito de integrar milícia tinha 95 cápsulas de fuzil

Crime aconteceu em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Ataque teria sido feito por homens que usavam roupas pretas e toucas ninjas

Por Agência O Globo

Reprodução O Globo

Carro metralhado em área de milícias no Rio

Rafael Alves Correa, o Caixote, de 36 anos, foi morto em uma emboscada, no último sábado, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Ele teve o carro que dirigia metralhado por homens armados, quando trafegava próximo a um condomínio. No local do ataque, policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) recolheram 95 cápsulas deflagradas de fuzil.

Rafael era investigado pela Polícia Civil como suspeito de integrar a milícia comandada por Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho.
Continua após a publicidade

A principal linha de investigação da DHC é a de que o assassinato esteja ligado a uma guerra de grupos de milicianos rivais chefiados por Zinho e por Danilo Dias Lima, o Danilo Tandera. As duas quadrilhas disputam a exploração de negócios irregulares na Baixada Fluminense e na Zona Oesteo Rio. De acordo com informações preliminares recebidas pela polícia, por volta das 4h30, Caixote teria sido surpreendido por homens armados que usavam roupas pretas e toucas ninjas na Estrada do Campinho.

Os tiros estilhaçaram o lado esquerdo do carro dirigido pela vítima, parte do vidro dianteiro e ainda a parte traseira do veículo. Pouco depois dos disparos, os atiradores fugiram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE