RADIO WEB JUAZEIRO : Covid: Idoso que tomou pelo menos oito doses da vacina é descoberto
sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Covid: Idoso que tomou pelo menos oito doses da vacina é descoberto

Brahmdeo Mandal disse para a polícia que imunizante amenizou dores que tinha no corpo

Por Agência O Globo
Reprodução

Autoridades da Índia descobriram que um idoso que vive na cidade de Madhepura, no estado de Bihar, tomou pelo menos oito doses da vacina contra a Covid-19 em 2021. Brahmdeo Mandal foi descoberto na semana passada, quando pretendia ser imunizado mais uma vez. Conforme a polícia, ele alega que tomou pelo menos 11 vacinas e justificou que o imunizante amenizou dores crônicas no corpo.

"Já encontramos evidências de que ele recebeu oito doses em quatro lugares. Ainda não sabemos como isso aconteceu. Parece que houve uma falha no portal com os dados sobre vacinados. Também estamos investigando se houve negligência por parte dos funcionários dos postos de vacinação", disse à BBC Amarendra Pratap Shahi, representante da Saúde de Madhepura.
Continua após a publicidade

Conforme o jornal Times of India, Mandal disse que visitou vários postos de vacinação em datas diferentes "usando o mesmo cartão e número de celular em todos os locais”. Investigações preliminares apontam, porém, que ele apresentou carteiras de identidade diferentes aos profissionais de saúde.

O idoso fez anotações em um papel sobre as doses que tomou e contou que não percebeu nenhum efeito adverso após a superdosagem. No registro feito por ele, consta um número menor de doses do que ele alega ter tomado e maior do que o informado pelas autoridades.

"Depois de tomar as doses, minhas dores no corpo desapareceram. Eu costumava ter dores nos joelhos e andava com uma bengala. Agora não. Me sinto bem", disse Mandal à BBC.

O idoso teria tomado a primeira dose em Puraini no dia 13 de fevereiro e a seguinte no mesmo local em 13 de março. A terceira injeção foi realizada no centro de saúde de sua aldeia, Orai, em 19 de maio. A quarta ocorreu em Bhupendra Bhagat no dia 16 de junho. Ele se dirigiu a Puraini Badi-Hat em 24 de julho e recebeu a quinta dose. A sexta foi aplicada no santuário local de Nath Baba em 31 de agosto do ano passado. Ele conta que foi imunizado pela 7ª e 8ª vez na escola Bari Hat nos dias 11 e 22 de setembro, respectivamente. Ele escolheu um posto em Kalasan PHC para a nona vacina em 24 de setembro.

Desde que a vacinação na Índia começou em janeiro do ano passado, o país tem administrado principalmente duas vacinas fabricadas localmente: Covishield e Covaxin. São imunizantes de duas doses, aplicados com um intervalo de 12 a16 semanas e quatro a seis semanas, respectivamente.

A vacinação é voluntária na Índia e há mais de 90 mil postos no país. Em alguns locais, não é necessário fazer um registro prévio online, basta se dirigir ao posto com os documentos solicitados pelo governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE