RADIO WEB JUAZEIRO : Maior diamante negro natural do mundo é leiloado por US$ 4,3 mi
quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Maior diamante negro natural do mundo é leiloado por US$ 4,3 mi

Chamada de "O Enigma", a pedra foi arrematada em um leilão online em Londres

 Autor: AFP

Diferentemente dos diamantes convencionais, os diamantes negros são encontrados mais na superfície, o que sugere "uma possível origem extraterrestre" - Foto: Rasid Necati Aslim | AFP

Com 55 facetas e 555,55 quilates (111,11 gramas) de peso, o maior diamante negro natural do mundo, chamado "O Enigma", foi arrematado nesta quarta-feira, 9, em Londres, por 3,16 milhões de libras (4,3 milhões de dólares), anunciou a casa Sotheby's.

A gema, arrematada em um leilão on-line que terminou nesta quarta, foi registrada em 2004 como o maior diamante negro natural do mundo pelos especialistas GIA e Gübelin, e em 2006 como o maior diamante talhado do mundo pelo livro Guinness dos recordes.

Diferentemente dos diamantes convencionais, extraídos das entranhas da Terra, os diamantes negros são encontrados mais na superfície, o que sugere "uma possível origem extraterrestre", segundo a Sotheby's.


"Acredita-se que este tipo de diamante negro proceda de impactos de meteoritos, que produzem um depósito de vapores químicos ou tenha origem extraterrestre, procedente de explosões de supernovas que formam asteroides diamantíferos, que acabam se chocando com a Terra", destacou a casa de leilões.

Hoje em dia são encontrados exclusivamente no Brasil e na República Centro-africana.

Sua estrutura torna estes diamantes mais duros, e por isso são quase impossíveis de polir e talhar.

"O Enigma" foi adquirido no fim da década de 1990 e pesava mais de 800 quilates em seu estado bruto. Levou mais de três anos para ser talhado em sua forma atual de 55 facetas.

Seu formato é inspirado no Hamsa, um amuleto em forma de mão que protege do mau olhado no Oriente Médio.

O preço recorde de um diamante vendido em um leilão é do diamante Pink Star, arrematado por 71,2 milhões de dólares em um leilão organizado pela Sotheby's em 2017, em Hong Kong.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE