RADIO WEB JUAZEIRO : EUA prometem ajuda militar de US$800 milhões para Ucrânia
sexta-feira, 22 de abril de 2022

EUA prometem ajuda militar de US$800 milhões para Ucrânia

120 mil civis ainda estão impedidos de deixar Mariupol

Joe Biden, autorizou ajuda militar, incluindo artilharia pesada, à Ucrânia - Foto: BRENDAN SMIALOWSKI/ AFP

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, autorizou ajuda militar, incluindo artilharia pesada, à Ucrânia em mais de US$ 800 milhões. Biden justificou a ajuda citando um 'janela crítica' no conflito.

Após dizer que a liderança russa cometeu um 'erro catastrófico' ao invadir seu país, Volodymyr Zelenskiy, presidente da Ucrânia, descartou ir a Moscou para conversar o fim da guerra.

"Isso está simplesmente fora de questão.", disse o presidente ucraniano ao veículo de mídia russo Mediazona.

Os combatentes ucranianos permanecem dentro do complexo siderúrgico Azovstal, uma das maiores instalações metalúrgicas da Europa, apesar de Putin ameaçar de morte os soldados que não se rendessem.

A decisão de não invadir a siderúrgica permitiu que Putin reivindicasse sua primeira grande conquista desde que suas forças foram expulsas do norte da Ucrânia no mês passado.

"Eles fisicamente não podem tomar Azovstal, eles entenderam isso, sofreram enormes perdas lá, nossos defensores continuam resistindo", disse o assessor presidencial ucraniano, Oleksiy Arestovych, em um briefing.

Ainda, Zelenskiy disse que 120 mil civis ainda estão sendo impedidos de deixar Mariupol, onde milhares de civis isolados por quase dois meses sob cerco e bombardeio russos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.

COMPARTILHE