RADIO WEB JUAZEIRO
sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Aos 47 anos, ex-dançarino Jacaré reaparece vestindo uniforme de policial no Canadá

reprodução // Instagram Por: Redação BNews 

Muita gente não sabe, mas o ex-dançarino Jacaré, que fez fama no grupo É o Tchan, está vivendo no Canadá desde 2016. Edson Cardoso, seu nome de batismo, reapareceu nesta sexta-feira num registro publicado pela mulher, Gabriela Mesquita. Na foto, o eterno dançarino baiano aparece vestido de policial e na rua. 


Ao Extra, Gabriela explicou que o uniforme trata-se de uma caracterização de Jacaré para um personagem que ele interpretou num filme americano, rodado lá, em inglês. "Ele ainda trabalha como ator. E essa foi uma cena que ele fez. Achei tão perfeita a caracterização que fiz essa brincadeira", disse a mulher de Jacaré.

Assim que chegou no Canadá, Jacaré começou a trabalhar numa agência de intercâmbio, ajudando brasileiros que têm vontade de morar no exterior. Já a mulher dele se formou no início deste ano no curso de Gestão de Financeira. Eles vivem no país com os dois filhos do casal, de 7 e 4 anos. O ex-dançarino, que integrou o elenco da "Turma do Didi" na década de 2000, hoje está com 47 anos.

JUAZEIRO: EMPRESÁRIOS E O GOVERNO DO ESTADO CONSTROEM O CENTRO GASTRONÔMICO


O projeto para a instalação do Centro Gastronômico de Juazeiro foi anunciado inicialmente pela gestão do ex-prefeito Misael Aguilar, e teve investimento inicial de empresários locais que desistiram do empreendimento logo início. Veio o primeiro e o segundo governos do prefeito Isaac Carvalho e o mesmo não deu continuidade ao projeto.

No início desse ano foi aberta uma licitação, a empresa Donkey Beer ganhou o certame e a Concessão de Uso de Bem Público, a título oneroso, e assumindo o compromisso de investir na requalificação dos galpões da antiga FRANAVE, o valor de R$2.030.986,67 (dois milhões, trinta mil, novecentos e oitenta e seis reais e sessenta e sete centavos).

O Centro Gastronômico, localizado em um espaço privilegiado às margens do Rio São Francisco, terá a implantação de uma cervejaria artesanal e diversas modalidades culinárias, cafeteria, um espaço destinado a brinquedos, parque infantil, espaços para os artesanatos locais e souvenirs diversos. Assim como, irá promover a revitalização do espaço com intervenções de reforma, restauração arquitetônica, reurbanização e modernização.

O município de Juazeiro tem vocação para ser grande e próspero, embora nos últimos anos tenha amargado a experiência de uma gestão, cuja a única preocupação é se perpetuar no poder e beneficiar um grupo seleto de amigos de rei. A prefeitura de Juazeiro não fez investimentos com recursos próprios no Centro Gastronômico de Juazeiro, o empreendimento é fruto de investimentos do Governo do Estado e dos empresários.

Com uma receita anual de quase 530 milhões, o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB) não consegue viabilizar obras no município que mude a cara da cidade e que atraia novos investimentos. Diariamente a preocupação do prefeito é melhorar a sua imagem política, afetada com o alto índice de rejeição popular que beira a casa dos 80%.

blogopara

Thiaguinho chora ao cantar música que fez para Fernanda Souza, veja!

Separado há pouco mais de um mês, Thiaguinho não conteve a emoção ao cantar os mesmos versos que cantou para a atriz no casamento deles

KEILA JIMENEZ
Do R7

Thiago e Fernanda ficaram juntos por oito anos - Reprodução

Não é por falta de torcida que não haverá uma reconciliação por aí....

Separados há pouco mais de um mês, Thiaguinho não conteve a emoção durante um show em Recife , dias atrás.

O cantor chegou a chorar durante a música ”Ainda Bem” que ele compôs para Fernanda Souza na época de namoro.

Thiaguinho cantou essa música em seu casamento com Fernanda Souza em 2015, gesto que emocionou convidados e fãs. 

O cantor e a atriz ficaram juntos por oito anos (entre namoro e casamento) e se separaram em outubro, entre rumores de que ele teria traído Fernanda.

Amigos do casal garantem que eles seguem se falando e que Thiaguinho quer tentar uma reconciliação.

No show, Thiaguinho ainda estava emocionado ao cantar “ Deixa Tudo como Tá”. O casal ficou juntos por oito anos e se separou em outubro !

Confira:

Bebé prematura enterrada viva recuperou no hospital e "está saudável"


Uma bebé recém-nascida encontra enterrada, com vida, numa panela de barro, dentro de um túmulo, no norte da Índia, está totalmente recuperada, segundo os médicos.

A criança foi transportada ao hospital em estado crítico, com hipotermia, hipoglicémia, septicemia e o nível de plaquetas muito em baixo, depois de ter sido encontrada por um morador que estava a enterrar a própria filha, um nado morto, no Estado de Uttar Pradesh, em outubro. Os hindus costumam cremar os mortos, mas bebés e crianças são frequentemente enterrados.


Segundo contou às autoridades, o homem tinha cavado cerca de 90 centímetros quando a pá atingiu uma panela de barro e um choro de bebé se fez ouvir debaixo da terra. Quando tirou o objeto e o abriu, viu a menina lá dentro. Um bebé prematuro, possivelmente nascido com 30 semanas, e com apenas um quilograma e meio.

Passado mais de um mês, o balanço é positivo: ganhou peso (pesa 2,57 quilogramas), e a respiração e a contagem de plaquetas normalizaram, informou à BBC o pediatra que tem acompanhado a bebé. "Já está aceita o biberão e está totalmente saudável", disse Ravi Khanna.​

Quanto ao período de tempo durante o qual a bebé terá estado enterrada e à razão pela qual sobreviveu, a resposta não é clara. O pediatra supõe que terá estado três a quatro dias debaixo da terra e que terá sido o tecido adiposo castanho - abundante em recém-nascidos e que ajuda no isolamento térmico e na manutenção da temperatura do corpo - responsável pelo caso inédito.


Mas outros especialistas citados pela BBC apresentam uma teoria diferente, segundo a qual a bebé só estaria enterrada à um par de horas e que, caso não tivesse sido resgatada, só sobreviveria a mais uma ou duas. Os médicos dizem ainda que havia circulação de oxigênio, devido à estrutura e material da panela e do próprio solo.

Os pais da menor, que a Polícia acredita serem os responsáveis, ainda não foram localizados, pelo que esta vai ser entregue para adoção quando o período de espera obrigatório chegar ao fim. Até lá, está sob a guarda dos serviços de assistência social locais.

As autoridades não avançaram possíveis motivos para o abandono e enterro da menina, num país onde há muita desigualdade de género, a níveis social, político e econômico. As mulheres são frequentemente discriminadas socialmente e as meninas são vistas como um fardo financeiro, especialmente entre as comunidades pobres.

Professor segura bebê para a mãe conseguir assistir aula

Gentileza de Joserrí Lucena foi registrada nas redes sociais e viralizou. "Que a Educação seja um espaço de inclusão", afirmou


Karla Dunder, do R7

Professor Joserrí Lucena   -  Reprodução/Instagram

Em novembro, o professor de História Joserrí Lucena, do Rio Grande do Norte, segurou a pequena Alice no colo para que a mãe, Eduarda, pudesse acompanhar as aulas.

A imagem publicada no Instagram viralizou e em seu post, o professor escreveu:

"Lugar de mulher é onde ela quiser. Vi a mãe implorar pelo direito de assistir aulas, acompanhada de sua filhinha. Heroína, não desiste dos estudos e eu não resisti; dei aula com a pequena Alice nos braços. Fizeram fotos e postaram nas redes sociais; eu não esperava tanta repercussão. Que a Educação seja um espaço de inclusão e que o professor seja, de fato, um facilitador de aprendizagem. Eduarda e Alice fazem História, numa aula de História."


Confira:

Médicos transplantam com sucesso coração que havia parado de bater

Normalmente, transplante cardíaco é feito apenas nos casos em que há morte cerebral, mas não a chamada morte circulatória

Do R7

Paciente que recebeu o órgão se recupera bem   -  Divulgação/Duke University

Médicos americanos fizeram pela primeira vez, no último domingo (1º), um transplante do coração de uma pessoa que não havia tido morte cerebral, como tradicionalmente ocorre. O caso foi o primeiro nos Estados Unidos.

A cirurgia aconteceu no hospital da Universidade de Duke. Segundo a instituição, trata-se de um procedimento chamado doação após morte circulatória (DCD, da sigla em inglês) e que foi possível graças a um dispositivo que circula sangue morno e oxigenado pelos órgãos por algumas horas.

Esse tipo de doação acontece após o coração parar de bater e tem a promessa de aumentar o potencial de doadores em até 30%, segundo estimativas de um dos médicos da equipe.

O homem que recebeu o coração é um veterano militar e, segundo a universidade, recupera-se bem.

Essa não foi a primeira vez que um transplante desse tipo foi realizado no mundo, já tendo ocorrido na Austrália em 2014 e posteriormente na Europa. Nos EUA, utiliza-se regularmente a técnica de DCD para outros órgãos.

Homem mata cinco da mesma família e comete suicídio após descobrir resultado de exame de DNA

Crimes ocorreram após eletricista, que se matou, descobrir não ser o pai do filho de uma das vítimas

Alfredo Henrique

O eletricista Alex Sander Correia, 48 anos, é acusado de ter atirado contra a ex-mulher, que está internada, e de matar cinco pessoas na madrugada desta quinta-feira (5), em São Vicente (65 km de SP), no litoral paulista. Na sequência, ele se matou com um tiro na cabeça. As motivações para os crimes, segundo a polícia, seriam passionais. 

De acordo com o coronel Rogério Silva Pedro, comandante da Polícia Militar na Baixada Santista, o acusado morava com a ex-mulher, no bairro Humaitá, onde teria disparado duas vezes contra a vítima após uma discussão. A mulher foi submetida a uma cirurgia no Hospital Municipal de São Vicente, onde permanecia internada até a publicação desta reportagem. 

Maísa das Graças Pinheiro Silva (esq.), de 39 anos, e sua filha Larissa Pinheiro do Monte, de 19, foram mortas a tiros, na madrugada desta quinta-feira (5) no litoral paulista. Além delas, mais três pessoas da mesma família também foram mortas por um eletricista de 48 anos, que se suicidou em seguida - Reprodução/Facebook

O coronel afirmou que, depois disso, o acusado foi de moto até a casa de Margarete Neto Pinheiro de Jesus, 41 anos, com quem teria mantido um relacionamento. No local, no bairro Cidade Náutica, a cerca de 20 km do primeiro crime, ele atirou contra Margarete, contra três mulheres e um homem, todos da mesma família. 

O marido de Maísa das Graças Pinheiro Silva, 39 anos, irmã de Margarete e uma das vítimas, afirmou que ele e a mulher eram vizinho das outras pessoas atingidas. O casal ouviu tiros e foi até a casa de Margarete, onde encontraram Larissa Pinheiro do Monte, 19, filha de Maísa, caída no chão. 

O homem voltou para casa e se escondeu em um quarto com o filho, de 7 anos. Enquanto estavam no dormitório, ele afirma ter ouvido outros disparos. 


Depois disso, o atirador voltou para casa e deu um tiro contra a própria cabeça após avistar policiais. 

“O que foi levantado até o momento é que o acusado havia descoberto que não era pai de um menino [de 8 anos] após um processo de paternidade [que teria sido feito por Margarete] e depois matou as pessoas”, afirmou o policial.

O comandante acrescentou que o crime “foi premeditado”, pelo fato de o eletricista ter saído de casa com um revólver e uma caixa de munições. Todas as vítimas foram atingidas na região da cabeça, acrescentou o oficial.

Morreram Daulina das Graças Neto Neves, 66 anos, suas filhas Maisa e Margarete, a Larissa Pinheiro do Monte e Carlos Alberto Neves, 57, marido de Daulina. 
Investigação 

Apesar de a autoria do crime ser conhecida, o delegado Carlos Schneider, da Seccional de Santos (72 km de SP) afirmou que o inquérito do caso levanta provas que reforçam a autoria e materialidade dos assassinatos. “Mesmo que o autor tenha morrido, isso não impede de a polícia materializar o crime e comunicar isso ao Ministério Público.” 

Ele acrescentou que, em 30 anos como policial na região, já viu crimes passionais, mas não com a quantidade de vítimas como as desta quinta.

"Não ando com negros", diz mulher que cuspiu em taxista em BH

Luis Carlos Alves, de 51 anos, foi ofendido por mulher que se assumiu como racista; ela foi presa e desacatou um policial militar durante abordagem

Clara Mariz*, do R7

Crime aconteceu em ponto de táxi
Reprodução/Google Maps

Uma mulher foi presa na tarde desta quinta-feira (5) depois de ofender e cuspir em um taxista negro e desacatar um policial militar.

Luís Carlos Alves Fernandes, de 51 anos, contou que aguardava em seu carro em um ponto de táxi na avenida Álvares Cabral, quando notou que uma mulher passava pelo local, aparentemente procurando por um carro.

De acordo com a vítima, ao perceber que a mulher estaria interessada a perguntou se ela estava precisando de um táxi. A mulher então, teria respondido que sim mas que “não anda com negros”.


Segundo Luís, ele falou com a suspeita que ela estava sendo racista e que isso era crime.

— Eu achei um absurdo aquilo e falei que ela estava sendo racista. Ela me respondeu que era racista mesmo e que não suportava negros.

A vítima informou também que, assim que chamou a Polícia Militar, a mulher continuou discutindo com ele e que cuspiu em seu pé. Segundo ele, a suspeita afirmou que nada aconteceria com ela.

— Ela entrou no carro dela para ir embora é ficou falando que eu podia chamar a polícia que nada ia acontecer com ela.

Quando os militares chegaram ao local, a mulher teria tentado fugir e desacatado os policiais. Todos os envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Luis Carlos é taxista há 16 anos. Ele contou que nada parecido tinha acontecido com ele antes e que nunca imaginou que passaria por algum caso de racismo.

— A gente fica vendo as notícias das pessoas que sofrem com o racismo é nunca pensa que algo parecido vai acontecer com a gente.

*estagiária do R7 sob supervisão de Lucas Pavanelli

Claudia Rodrigues recebe alta e agradece apoio de fãs

Atriz, que luta conta uma esclerose múltipla, gravou um vídeo para contar a notícia e comemorou a volta para casa: 'Tomei a medicação e deu tudo certo'

Do R7

Claudia comemorou a alta hospitalar-Arquivo pessoal

Claudia Rodrigues recebeu alta do Hospital Albert Einstein nesta quinta-feira (5). A informação foi confirmada pela própria atriz que gravou um vídeo divulgado pela empresária dela.

Na gravação, Claudia explicou que tomou a medicação que veio dos Estados Unidos que pode reverter o processo degenerativo consequente da esclerose múltipla. A atriz comemorou a alta e agradeceu o apoio dos fãs.

"Tomei a medicação ontem [quarta-feira] e deu tudo certo. Me deram alta, estou indo para casa. Muito obrigada pelas orações e energia poisitiva que vocês mandaram. Vocês me dão muita força."

Claudia foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2000 e, desde então, luta contra a doença.

Em 10 meses, policiais militares em serviço mataram 584 pessoas em SP

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de SP, número deste ano é 9,1% maior do que o mesmo período do ano passado

Kaique Dalapola, do R7

Número de mortos pela PM em SP segue em alta  -  Reprodução/Facebook

O número de pessoas mortas pela Polícia Militar do Estado de São Paulo segue em alta. Entre janeiro e outubro deste ano, os PMs em serviço mataram 584 pessoas em casos registrados como "morte decorrente de intervenção policial" — o antigo auto de resistência.

Considerando apenas outubro, policiais militares fardados mataram 71 pessoas em casos de supostas resistência — 13 a mais do que o mesmo mês do ano passado.

Esses são os dados oficiais divulgados pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo). Conforme as estatísticas, os dez primeiros meses deste ano superou em 9,1% o número de vítimas de policiais militares em serviço em 2018, quando houve 535 mortes.

Em entrevista coletiva a jornalistas no Palácio dos Bandeirantes, nesta quinta-feira (5), o governador João Doria respondeu sobre a alta na letalidade policial. Segundo ele, "o aumento se deve a uma ação mais ampla da Polícia Militar no Estado".

O governador disse que as mortes causadas por policiais militares não são desejáveis, no entanto, "podem eventualmente ser aplicadas", como em situações de confrontos.

Como britânica foi ressuscitada após 6 horas com o coração parado

Segundo a equipe médica, foi a maior parada cardíaca já registrada na Espanha.

Uma britânica cujo coração parou de bater por seis horas foi trazida de volta à vida, em um episódio descrito pelos médicos como um "caso extraordinário".

Marido de Audrey Schoeman achou que sua esposa estivesse morta
Audrey Schoeman desenvolveu uma hipotermia severa ao ser atingida por uma nevasca enquanto caminhava em novembro com o marido nos Pirineus em território espanhol.

Segundo a equipe médica, foi a maior parada cardíaca já registrada na Espanha.

Schoeman, que está próxima da plena recuperação, disse que espera poder voltar a caminhar já no próximo semestre.

A mulher de 34 anos, que vive em Barcelona, começou a ter problemas de fala e de movimento durante as condições climáticas difíceis nos Pirineus, e depois perdeu a consciência.
"Não consegui sentir sua respiração"

O estado de saúde dela piorou enquanto ela aguardava a equipe de resgate. Naquele momento, seu marido, Rohan, achava que ela havia morrido.

Em entrevista a jornalistas nesta quinta-feira (6), ele relatou ao canal catalão TV3: "Eu tentei sentir o pulso dela, mas não consegui sentir sua respiração, não consegui sentir seus batimentos".

Quando os socorristas chegaram duas horas depois, a temperatura do corpo da britânica estava em 18ºC (quase metade da temperatura média do corpo).

Ao chegar ao hospital Vall d'Hebron, em Barcelona, ela não tinha sinais vitais.

Mas as baixas temperaturas que agravaram o estado de saúde dela também ajudaram a salvar sua vida, segundo a explicação do médico Eduard Argudo.

"Ela parecia estar morta", afirmou. "Mas nós sabíamos que, num contexto de hipotermia, Audrey tinha chance de sobreviver."

A hipotermia protegeu o corpo e o cérebro de ser deteriorarem enquanto ela ficou inconsciente.

"Se ela tivesse essa parada cardíaca por esse tempo com uma temperatura corporal normal, ela estaria morta."
Audrey Schoeman afirmou não lembrar de nada ligado às seis horas em que passou inconsciente   -   Foto: Reuters / BBC News Brasil


Numa corrida contra o tempo, os médicos que tratavam a britânica recorreram a uma máquina especializada capaz de remover sangue, infundindo oxigênio como fariam os pulmões e reintroduzindo o sangue oxigenado no paciente.

Quando a temperatura do corpo atingiu 30°C, eles usaram um desfibrilador para reiniciar o coração cerca de seis horas após o contato com os serviços de emergência.
Equipe médica usou boneca para reconstituir à imprensa a recuperação extraordinária da britânica
Equipe médica usou boneca para reconstituir à imprensa a recuperação extraordinária da britânicaEVN

"Não sabia o que estava acontecendo"

Depois do resgate bem sucedido, ela passou 12 dias internada no hospital, restando apenas alguns problemas com a mobilidade e a sensibilidade de suas mãos por causa da hipotermia.

"Estávamos muito preocupados com qualquer dano neurológico, dado que praticamente não há casos de pessoas que tiveram o coração parado por tanto tempo e foram revividas", afirmou o médico.

Em entrevista a jornalistas, a britânica disse que não se lembrava das seis horas. "Eu realmente não sabia o que estava acontecendo nos meus primeiros dias em que acordei na unidade de terapia intensiva."

"Mas, desde então, eu tenho tentado ler mais, obviamente aprendendo mais sobre hipotermia e é realmente incrível que eu tenha sobrevivido."

Schoeman disse que teve sorte de estar viva. "É como um milagre, exceto que é tudo obra da equipe médica."

Ela acrescentou que provavelmente não voltaria às montanhas neste inverno.

"Mas espero que na primavera possamos começar a caminhar novamente. Não quero que esse episódio tire esse hobby de mim", afirmou.

Aplicativo usa foto de celular para detectar risco de câncer de pele

Tecnologia informa se lesão aparenta ser maligna e pode ser usada por clínico geral, o que acelera o diagnóstico; não há previsão de comercialização

Brenda Marques, do R7

Idoso faz exame convencional para diagnóstico do câncer de peleFernando Frazão/Agência Brasil

Um aplicativo desenvolvido no Brasil promete mais agilidade no diagnóstico do câncer de pele, um dos tipos mais comuns no país, ao utilizar fotos tiradas com celular. 

A ferramenta foi criada por desenvolvendores do Instituto de Informática da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e do IEEE (Instituto de Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas).

Por enquanto, existe apenas um protótipo que está sendo testado na universidade.

“A partir da imagem capturada, esse software detecta e analisa a lesão da pele levando em conta a regularidade das bordas, as cores e o tamanho", explica o professor e coordenador do projeto Jacob Scharcanski, membro do IEEE.

"Com essas características, ele diz se a lesão é potencialmente maligna ou não”, completa.

O câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil – corresponde a 30% de todos os tumores malignos –, com 165.580 casos novos em 2018 e tem alta taxa de cura.

Por sua vez, o melanoma é o mais grave pelo alto risco de apresentar metástase, mas corresponde a apenas 3% dos casos de câncer de pele. A estimativa foi de 6.260 novos casos em 2018. Os dados são do Inca (Instituto Nacional do Câncer).

Hoje, o diagnóstico de lesões de pele é feito com um aparelho especializado chamado dermatoscópio. Ele só pode ser usado por dermatologistas treinados.

Já o aplicativo poderá ser utilizado por outros profissionais de saúde, como o clínico geral. Não é necessário ter iluminação ou qualquer outro equipamento especial.

Essa facilidade vai tornar mais rápido todo o processo pelo qual um paciente com câncer de pele deve passar – desde o diagnóstico até o tratamento. “Com isso, a chance de a pessoa ser curada é muito maior”, afirma Scharcanski.

“O clínico vai encaminhar o paciente para o dermatologista já indicando que a lesão tem potencial para ser maligna. Então, numa fila de espera do SUS [Sistema Único de Saúde], a pessoa terá alta prioridade”, exemplifica.

Ainda não existe uma previsão para que a nova tecnologia chegue ao mercado, pois isso depende de investimentos do setor privado.

“É preciso que alguma empresa tenha interesse e faça o processo de certificação. Mas se isso acontecesse hoje, dentro de um ano o produto já estaria sendo comercializado”, diz o professor.

Ele ressalta que a nova tecnologia não substitui o dermatologista. “É um auxiliar. Apenas acelera a ida da pessoa ao dermatologista, que é essencial para fazer o diagnóstico do câncer de pele."

Tinta de cabelo e alisadores estão associados a câncer, sugere estudo

Acompanhamento feito por pesquisadores norte-americanos aponta risco aumentado de tumores de mama, principalmente entre mulheres negras


Fernando Mellis, do R7

Médicos sugerem uso moderado desses produtos-Freepik

Um estudo feito por pesquisadores norte-americanos e publicado nesta semana no Jornal Internacional de Câncer sugere que algumas mulheres que utilizam tinta de cabelo e alisadores químicos estão mais sujeitas a desenvolver câncer de mama.

Foi identificado que mulheres negras que usavam tinta permanente (formulações que contêm água oxigenada e amônia) regularmente tinham chance 60% maior de desenvolver câncer de mama do que mulheres negras que não faziam uso. Entre mulheres brancas, esse índice foi de 7%.

Além disso, os pesquisadores analisaram os alisadores de cabelo. Foi constatado um aumento de 30% do risco de tumor de mama entre as mulheres em geral. Entretanto, eles observaram que mulheres negras costumam usar esse tipo de produto com mais frequência.


A pesquisa durou cerca de oito anos e monitorou 46,7 mil mulheres, entre 35 e 74 anos, sem histórico de câncer de mama, mas que tinham uma irmã que havia tido tumor desse tipo. Foram identificados 2.794 casos de tumor mamário maligno nesse período.

Médicos ouvidos pelo jornal The New York Times disseram que o estudo não é conclusivo, embora recomendem uso moderado desses produtos.

A cientista Robin Dodson, do Silent Spring Institute em Newton, Massachusetts, identificou que alguns alisadores vendidos no mercado norte-americano contêm compostos que imitam o estrogênio, hormônio que alimenta alguns tipos de tumores de mama.

"A maioria dos produtos atualmente disponíveis no mercado não é testada adequadamente quanto à segurança e não é testada para substâncias químicas que causam desregulação endócrina", disse ao jornal.

A Sociedade Americana de Câncer observa que as tinturas permanentes — que modifica a cor do cabelo até que ele seja substituído por um novo — de tons mais escuros "têm mais alguns produtos químicos que podem causar câncer" e que "esses produtos são uma grande preocupação em potencial".

No Camboja, o lanchinho no ônibus pode ser uma aranha

Comer insetos é parte da tradição alimentar do país do sudeste asiático, uma prática que a ONU acredita que pode ajudar a combater a fome no mundo

Do R7


Estes vendedores trabalham em terminais de ônibus na província de Kampong Cham. A coleta de aranhas, grilos, escorpiões e outros bichos é feita por agricultores no interior da província

Estudo da FAO mostra que existe 1.900 espécies de insetos comestíveis ao redor do mundo e muitos deles fazem parte da dieta de vários povos há centenas, milhares de anos. Na foto, espetos de escorpiões e baratas são oferecidos nas ruas de Bangkok

Para os turistas que visitam o Camboja, provar os insetos fritos é uma atração. Mas para os cambojanos trata-se de uma tradição alimentar

No Maracanã, Bolsonaro posa ao lado do ex-técnico Zagallo

Presidente assistiu ao jogo contra o Avaí, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, de um dos camarotes


Agência Estado

Bolsonaro assistiu ao jogo no Maracanã  -  Reprodução/ Facebook

O presidente Jair Bolsonaro foi ao estádio do Maracanã na noite desta quinta-feira (5) para assistir à última partida do Flamengo em casa nesta temporada. Ele assistiu ao jogo contra o Avaí, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, de um dos camarotes e, no intervalo, posou para fotos ao lado do ex-técnico da seleção e tetracampeão Zagallo.

Diferentemente de outras oportunidades, desta vez a presença do presidente da República está chamando menos a atenção da massa de torcedores, que passou o primeiro tempo entretida apenas com o desempenho da equipe mista do Flamengo em campo — no final, o clube carioca goleou por 6 a 1.

O presidente da República também está sendo mais discreto do que de costume em sua passagem por estádios do País - além do Maracanã, desde que foi eleito Bolsonaro já foi ver jogos no Mané Garrincha (Brasília), no Mineirão (Belo Horizonte), no Allianz Parque (São Paulo) e na Vila Belmiro (Santos).

Palmeirense que veste a camisa de vários clubes do País, no ano passado o presidente participou da cerimônia de entrega da taça do Brasileirão ao Palmeiras no gramado e a atitude gerou controvérsia. Nesta quinta-feira, ele não foi à beira do campo antes da partida, quando jogadores do Flamengo receberam faixas alusivas aos títulos da Copa Libertadores e do Brasileirão.

O presidente assiste ao jogo de um dos camarotes, que no Maracanã tem as suas poltronas colocadas em uma área em meio à torcida. O ministro da Economia, Paulo Guedes, estava ao seu lado.


Novo voo Petrolina – São Paulo começa a operar

Por Assessoria


Petrolina ganhou um novo voo direto da Gol Linhas Aéreas com destino ao estado de São Paulo. A rota começou a funcionar na manhã desta terça (03), trazendo mais de 180 passageiros do Aeroporto de Guarulhos para o município pernambucano. Com a nova operação, Petrolina passa a ter dois horários de voos diretos ida e volta para São Paulo.

O serviço da Gol terá capacidade para até 186 passageiros. A rota sairá de Petrolina para São Paulo sempre no horário das 12h30 com previsão de chegada às 15h10. Já no sentido contrário, a aeronave sai de Guarulhos às 9h e aterrissa em solo sertanejo às 11h50.

A ampliação do serviço, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emício Junior, possibilitará novas oportunidades de negócios e atração de visitantes para Petrolina. “Nossa cidade é uma grande produtora e exportadora de frutas, com diversas outras atividades econômicas correlacionadas. A oferta de um novo voo impactará, portanto, no conforto e logística de quem faz negócios em nossa região. Além disso, é mais uma possibilidade para os turistas do Sudeste conhecerem nossos potenciais naturais como o Rio São Francisco, a cultura e claro o melhor São João do Brasil”, pontua Emício.

Petrolina atualmente tem dois voos diretos para o Recife e São Paulo, além da rota para Salvador uma vez por dia. A cidade pernambucana ainda oferece uma linha internacional para transporte de cargas uma vez por semana com destino para a Europa.

Falta d’água continua prejudicando funcionamento de instituições públicas

Por Assessoria


A falta d’água continua prejudicando o funcionamento de instituições públicas em Petrolina. Desta vez, foi a Unidade de Saúde da Família (USF) Roza Maria Ribeiro, no bairro Gercino Coelho, que suspendeu as atividades na tarde desta terça-feira (3) por conta do problema que persiste desde a última semana.

Pela manhã, os serviços foram realizados, mas a falta d’água impede a continuidade dos atendimentos nesta tarde. Segundo os funcionários, não tem água para limpar o prédio, nos bebedouros e nos banheiros.

A prefeitura está providenciando a limpeza da unidade para oferecer todos os serviços nesta quarta-feira (4) e aguarda que a concessionária de água solucione o problema.

Educação 

Algumas escolas e creches do município também estão com o funcionamento prejudicado desde a semana passada. A maioria das unidades afetadas com a falta d’água está liberando os alunos mais cedo.

CASA DO TFD DE JUAZEIRO EM SALVADOR VOLTA A SER ALVO DE RECLAMAÇÕES


A situação continua insustentável para quem precisa fazer tratamento em Salvador como parte do programa TFD (Tratamento Fora de Domicílio). Como já informado pelo Blog GJ Notícias a mudança de endereço da casa do TFD em Salvador permanece gerando uma série de atropelos para quem faz tratamento na capital baiana.

No dia 26 de novembro, a Secretaria de Saúde de Juazeiro/Sesau informou por meio de nota que a partir da segunda-feira, 02 de dezembro, a casa de Tratamento Fora de Domicílio/TFD, que funcionava na Rua Salete, nº 03, bairro dos Barris, vai atender em novo endereço na capital baiana. O setor vai funcionar na Rua Alagoinhas, n º 236, bairro Rio Vermelho, em Salvador, onde já funcionou na gestão de Isaac Carvalho.

Desde então as reclamações reacenderam com muita intensidade e na tarde desta quinta-feira (05) com mais revolta. Veja o que diz uma usuária do programa que pediu para não ser identificada: “Geraldo, olhe aí os sem- tetos sentados na porta da ex-casa do TFD nos Barris. Humilhante! Esta é a situação dos pacientes do TFD DE JUAZEIRO em salvador desde o dia 27/11. Ficam no hospital desde a hora da chegada e tem que se virar até o horário de saída do ônibus. Se a nova casa não estava pronta não entregasse a dos Barris, deixando os pacientes em meio ao tempo. Sem contar com os que voltaram e perderam seus agendamentos desde o dia 25/11, que mandaram desocupar a casa” expressou.

Na reclamação anterior, a Secretaria Municipal de Saúde enviou a seguinte nota de esclarecimento: “A Secretaria de Saúde de Juazeiro/SESAU esclarece que proporcionou um novo espaço para os pacientes e funcionários do TFD em Salvador, que vai oferecer mais estrutura, espaço, acessibilidade, sendo o local mais arejado e confortável. Em relação às reclamações dos usuários acerca da localização, a SESAU afirma que possui transporte próprio para os usuários se deslocarem até os locais de tratamento. O novo endereço possui uma boa localização e disponibilidade para transportes públicos, como metrô e ônibus, além de táxi”.

Da redação  Geraldo José

Serviços do TFD são oferecidos em novo endereço

Por Assessoria


A Prefeitura de Petrolina informa que os serviços disponibilizados pelo Tratamento Fora do Domicílio (TFD), instrumento que garante tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município, estão sendo oferecidos em novo endereço. A nova sede fica na Avenida da Integração, Nº 1.219, bairro Dom Malan, com o horário de atendimento ao público das 8h às 13h.

O programa oferece consultas, tratamentos hospitalares, ambulatoriais, cirurgias pré-agendadas, passagens de ida e volta para pacientes e, se necessário, acompanhantes e ajuda de custo de alimentação e hospedagem do paciente e/ou acompanhante, enquanto durar o tratamento.

Até então, o serviço estava disponível no prédio da Secretaria de Saúde. A secretária da pasta Magnilde Albuquerque explica a mudança. “O objetivo é oferecer comodidade no atendimento, além de proporcionar um maior conforto aos pacientes e seus familiares. O novo espaço do TFD é amplo, comporta um maior número de pessoas e conta com confortáveis salas de espera para o embarque, não ficando mais os pacientes aguardando o ônibus na calçada. A orientação do prefeito Miguel Coelho é oferecer serviços humanizados e proporcionar o bem-estar dos petrolinenses”, destaca Magnilde.

A nova sede do TFD já está com o setor de atendimento funcionando, mas a prefeitura ainda está dando os últimos retoques no prédio, que conta com recepção, duas salas de espera para adultos e um espaço exclusivo para crianças. Esses espaços são climatizados e equipados com cadeiras, sofás e aparelho de TV, além de banheiro e fraldário.

Inauguração

O prefeito Miguel Coelho fará a inauguração da nova sede do TFD na próxima terça-feira (10), às 10h. A prefeitura ressalta que, até a segunda-feira (9), o ônibus do serviço continuará saindo do espaço próximo à Secretaria de Saúde. Os embarques acontecem de domingo a quinta-feira. O número do telefone para atendimento é (87) 3864-4598.

TFD

O serviço é definido pela Portaria Federal nº 55, do Ministério da Saúde, como forma de proporcionar auxílio aos pacientes da rede pública, por meio da assistência em outros municípios ou estados depois de esgotadas as formas de tratamento na cidade de origem. Inclusive, é um instrumento legal que visa garantir, via SUS, tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município de origem por falta de condições técnicas.

Prefeitura abre consulta pública para acelerar iluminação em LED

Por Assessoria


A gestão municipal está dando um dos maiores passos para acelerar o processo de implantação de lâmpadas em LED em toda Petrolina. É que a prefeitura está convocando toda população para discutir a Parceria Público Privada (PPP) para a iluminação pública. A audiência será realizada no dia 19 de dezembro, às 9h, no auditório da Facape.

Para o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado, além de modernizar a cidade, o processo irá gerar economia para os cofres públicos. “O prefeito Miguel Coelho vem estudando , faz algum tempo , uma maneira de acelerar os processos públicos e, principalmente, gerar economia e melhor aproveitamento dos recursos públicos. Com a PPP, estimamos uma redução de cerca de 50% nos custos para o município e ainda mais: ter toda Petrolina em LED até 12 meses após firmada a PPP. Será lâmpada mais sustentável e de melhor qualidade de Caitutu à orla”, esclarece o gestor.

As empresas e pessoas interessadas, podem consultar formulários, estudos técnicos e edital no site da Prefeitura de Petrolina, pelo link: http://petrolina.pe.gov.br/parceria-publico-privada-ppp-da-iluminacao/ . O processo está sendo conduzido pelo BNDES em parceria com a gestão municipal. Após a audiência, as pessoas que tiverem dúvidas ou desejem contribuir com a construção do edital final, podem enviar, até o dia 10 de janeiro, para o e-mail: petrolina.pppiluminacao@gmail.com .

Confira aqui a lista de documentos deste processo:





PGR defende que STF negue pedido de Lula sobre suspeição de Moro

 Por: Folhapress 

APGR (Procuradoria-Geral da República) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quinta-feira (5) que rejeite requerimentos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula nos quais aponta suspeição na atuação do ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça.

O fato de Moro ter assumido o cargo no governo Jair Bolsonaro foi apontado pela defesa como causa da suposta suspeição. O coordenador do Grupo de Trabalho da Lava Jato no STF, José Adonis Callou de Araújo Sá, considera que não cabe análise no momento, já que o mérito do habeas corpus ainda não foi apreciado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), e alega que não há indícios de conduta parcial do ministro.

A defesa de Lula lista uma série de argumentos para afirmar que Moro não era imparcial para julgar o ex-presidente da República. Além da nomeação do ex-juiz para o governo Bolsonaro, as conversas vazadas pelo site The Intercept Brasil são tratadas como indícios de que Moro teria agido em conjunto com a acusação durante o processo que condenou Lula.

Na petição encaminhada ao STF, no entanto, o subprocurador-geral Araújo Sá afirma que o material do Intercept não pode ser utilizado para o fim pretendido em virtude de seu caráter ilícito e por não ser possível confirmar sua autenticidade e integridade.

"Ainda que fossem lícitas e autênticas [as mensagens vazadas], não demonstram conluio ou suspeição, e as decisões proferidas pelo juiz estão embasadas em fatos, provas e na lei, e embora intensamente questionadas no Judiciário, foram confirmadas", diz um trecho.

O julgamento do pedido de suspeição de Moro no Supremo é uma das principais apostas do ex-presidente para barrar seus processos com origem no Paraná. O petista defende que as três ações com origem na Justiça Federal no estado sejam anuladas por causa do comportamento de Moro ao longo da investigação e dos processos.

O ex-presidente cumpriu pena no caso do tríplex de Guarujá (SP) por 19 meses, até novembro, e agora aguarda em liberdade o julgamento de recursos nas instâncias superiores. No processo do sítio de Atibaia (SP), a condenação foi confirmada em segunda instância na semana passada.

O parecer do subprocurador-geral diz que Moro "observou o mesmo tratamento dado aos demais casos no âmbito da Operação Lava Jato, estando amparada em fatos, provas e em interpretações legítimas da lei".

PGR defende que STF negue pedido de Lula sobre suspeição de Moro

[PGR defende que STF negue pedido de Lula sobre suspeição de Moro]
  Por: Reprodução  Por: Folhapress  0comentários
APGR (Procuradoria-Geral da República) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quinta-feira (5) que rejeite requerimentos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula nos quais aponta suspeição na atuação do ex-juiz Sergio Moro, atual ministro da Justiça.
O fato de Moro ter assumido o cargo no governo Jair Bolsonaro foi apontado pela defesa como causa da suposta suspeição. O coordenador do Grupo de Trabalho da Lava Jato no STF, José Adonis Callou de Araújo Sá, considera que não cabe análise no momento, já que o mérito do habeas corpus ainda não foi apreciado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), e alega que não há indícios de conduta parcial do ministro.
A defesa de Lula lista uma série de argumentos para afirmar que Moro não era imparcial para julgar o ex-presidente da República. Além da nomeação do ex-juiz para o governo Bolsonaro, as conversas vazadas pelo site The Intercept Brasil são tratadas como indícios de que Moro teria agido em conjunto com a acusação durante o processo que condenou Lula.
Na petição encaminhada ao STF, no entanto, o subprocurador-geral Araújo Sá afirma que o material do Intercept não pode ser utilizado para o fim pretendido em virtude de seu caráter ilícito e por não ser possível confirmar sua autenticidade e integridade.
"Ainda que fossem lícitas e autênticas [as mensagens vazadas], não demonstram conluio ou suspeição, e as decisões proferidas pelo juiz estão embasadas em fatos, provas e na lei, e embora intensamente questionadas no Judiciário, foram confirmadas", diz um trecho.
O julgamento do pedido de suspeição de Moro no Supremo é uma das principais apostas do ex-presidente para barrar seus processos com origem no Paraná. O petista defende que as três ações com origem na Justiça Federal no estado sejam anuladas por causa do comportamento de Moro ao longo da investigação e dos processos.
O ex-presidente cumpriu pena no caso do tríplex de Guarujá (SP) por 19 meses, até novembro, e agora aguarda em liberdade o julgamento de recursos nas instâncias superiores. No processo do sítio de Atibaia (SP), a condenação foi confirmada em segunda instância na semana passada.
O parecer do subprocurador-geral diz que Moro "observou o mesmo tratamento dado aos demais casos no âmbito da Operação Lava Jato, estando amparada em fatos, provas e em interpretações legítimas da lei".

Novo partido de Bolsonaro tem sua criação registrada em cartório

 Por: Tomaz Silva/Agência Brasil Por: Agência Brasil 

O Aliança pelo Brasil, partido idealizado pelo presidente Jair Bolsonaro mês passado, teve sua criação registrada em cartório nesta quinta-feira (5). O responsável pelo registro foi o 2º vice-presidente da legenda, Luiz Felipe Belmonte. Segundo ele, o partido se pautará pelos “princípios cristãos”.

“Estamos dando entrada no registro do novo partido Aliança Pelo Brasil. Um partido criado pelo presidente Bolsonaro, junto com seus apoiadores, e que pretende ser um partido que defina uma linha de direção valorizando os princípios cristãos, valorizando a família e valorizando essas questões que são da raiz do povo brasileiro”, disse em sua conta no Twitter. “Tenho certeza que será um grande partido e que terá o apoio de grande parte da população brasileira”, completou.

Bolsonaro criou o partido após anunciar seu desligamento do PSL, legenda com a qual se elegeu presidente da República. O novo partido, no entanto, ainda precisa obter o reconhecimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para formalizar sua criação e participar de eleições. Para isso, precisa recolher a assinatura de, no mínimo, 491.967 eleitores em apoio à nova legenda.

Na última terça-feira (3), o TSE decidiu reconhecer assinaturas eletrônicas para formalizar a criação de partidos políticos. A decisão pode acelerar o registro da legenda junto ao tribunal. Bolsonaro pretende agilizar o processo de obtenção de registro do partido por meio de certificados digitais.

Apesar da decisão, não há prazo para que a Justiça Eleitoral possa criar aplicativos e programas de computador para efetivar a decisão, que ainda precisará ser regulamentada para passar a ter validade. Segundo a presidente do TSE, Rosa Weber, as soluções não estarão prontas para as eleições municipais de 2020.

Homem é flagrado se masturbando em via pública de Salvador

 Por: Leitor/BNews Por: Redação BNews 

Um homem foi flagrado se masturbando em uma via pública de Salvador. Um vídeo da situação foi enviado à reportagem, no entanto, não será divulgado devido ao conteúdo. Nas imagens, é possível ver o homem ao lado de um veículo com uma das portas abertas. Ele fala ao celular, enquanto se masturba, e em seguida, entra no automóvel.

O carro que aparece na gravação pertence à Locadora LM Trasportes, uma das principais empresas de locação de veículos para órgãos públicos da Bahia. A reportagem entrou em contato com a LM, que afirmou “não responsabilizar por atos de terceiros”. 

De acordo com informações preliminares obtidas pelo BNews, a filmagem foi feita em uma das ruas do bairro do Rio Vermelho, entretanto, não há confirmação.

COMPARTILHE